{description}

Hipersensibilidade Dentinária



A Hipersensibilidade Dentinária é definida como dor ou desconforto em decorrência da exposição da dentina (camada interna do dente). O estímulo doloroso pode ocorrer por exposições da dentina em regiões de acentuado desgaste dental, dentes fraturados, restaurações mal adaptadas e após tratamentos de raspagem de tártaro.

Dentre os principais fatores que podem desencadear a dor podemos citar: estímulos térmicos (frio e calor), táteis (sensibilidade ao toque na camada de dentina exposta), químicos (ex: consumo de frutas e sucos ácidos) e através da aplicação de jatos de ar sobre a dentina exposta.

Diagnosticar se a dor de dente realmente pode ser caracterizada como Hipersensibilidade Dentinária é uma tarefa exclusiva do seu dentista, pois somente após um exame minucioso para detectar se realmente não existem outras causas para a dor, pode-se então escolher a melhor forma de controle para essa sensibilidade.

Dentre as opções de tratamento para a Hipersensibilidade Dentinária podemos enumerar algumas:

  1. Agentes com elevada concentração de flúor;
  2. Cremes dentais específicos para essa finalidade;
  3. Aplicação local de agentes seladores da dentina exposta;
  4. Materiais restauradores dentais;
  5. Aplicação de laser de baixa intensidade.

A prevenção da hipersensibilidade dentinária pode ser feita através de uma escovação tecnicamente correta, com uso de escovas dentais macias, cremes dentais pouco abrasivos (que não desgastam o esmalte dental) e evitar escovar os dentes logo após o consumo de alimentos ácidos. Visitas periódicas ao seu dentista podem prevenir o aparecimento desse desconforto.