Publicidade

Refis

PRF aponta “erro” em divulgação de suicídio como causa de acidente com três mortes

Três pessoas morreram antes mesmo da chegada do socorro no local. 

Via REDAÇÃO | Publicado por Redação | às 18:25:54

Acidente ocorrido neste domingo (20), com três vítimas fatais havia sido apontado como suicídio pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), no entanto, o órgão enviou nota à imprensa nesta tarde (21), na qual aponta erro na divulgação da causa do fato.

Conforme mostrado pelo Dourados News, pela manhã, a informação era de que o motorista do Ecosport havia invadido a pista contrária propositalmente e acabou por atingir um Honda CR-V. O fato ocorreu na BR-262, entre Anastácio e Campo Grande, outras 5 ficaram feridas.

Três pessoas morreram antes mesmo da chegada do socorro no local.

O ex-candidato a vereador, Edmar Caires, que dirigia a veículo Ecosport, morreu na hora, assim como a passageira Janice Francisco Antônio, 34 anos. Outra vítima foi Ivaldo Cristian Figueiras Santos, 39 anos, condutor do Honda.

Em nota, apesar de relatar “erro” na divulgação do suicídio como causa do acidente, a PRF continua a levantar essa possibilidade.

“ O que retificamos agora é que não se pode descartar as hipóteses de sonolência, mal-súbito e a mais provável, de suicídio como motivador da invasão de pista por parte do condutor do veículo Ecosport”.

Romualdo Lopes Mamedes, 44 anos, sobrevivente do acidente prestou depoimento sobre o ocorrido, o qual embasou o trabalho da PRF.

Em nota, a polícia cita que nova declaração foi prestada por ele, “dessa vez por escrito, em que este mostrou uma versão não-contundente sobre a causa do acidente”.

Ainda conforme a nota, a PRF garante que “inicialmente, a testemunha hospitalizada declarou verbalmente aos policiais que atenderam a ocorrência que se tratava de uma ação de inequívoco suicídio. Posteriormente, o condutor recusou prestar essa mesma declaração por escrito”.

Já no final da nota, a PRF traz considerações de que a colisão foi provocada pelo Ecosport.

“Os sinais do local do acidente apontam a responsabilidade do evento tendo como causador o condutor do veículo Ecosport, que invadiu a pista de mão contrária e causou o acidente e, por consequência, as mortes e ferimentos nos demais envolvidos.”

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

Anuncie