Publicidade

cms7
#Surtei

PREVIDÊNCIA

Publicado em às 07:58:00

A previdência social está demonizada para o cidadão. Basta falar em contribuição social ou reforma da previdência, que se torna naturalmente um “carma” para aqueles que contribuíram a vida toda e prestes a ter sua merecedora recompensa, a aposentadoria, se deparam com uma culpabilidade que não pertence ao povo, mas sim, à governantes incompetentes que acham mais fácil culpar o cidadão de bem, do que admitir que o sistema tem a verdadeira responsabilidade deste mal, onde o tempo nos apresenta.

O artigo 195 da Constituição Federal é tácito em expressar que a seguridade social será financiada pela sociedade, de forma direta e indireta, nos termos da lei, mediante recursos provenientes dos orçamentos da União, Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Ou seja, não é só obrigação do cidadão a provisão desses recursos, mas, a administração e orçamento do governo, que tem a sua responsabilidade plena de dirimir com dolo tais atribuições.

Os governantes no intuito de não se exporem, expressavam para a sociedade, sempre colocando como um “mantra”, que a previdência iria ruir. Mas, na realidade, nunca disseram também que, se houvesse um planejamento e estratégias para tal, não estaríamos discutindo no afogadilho tais situações.

Contemplamos outros países que administram suas previdências com lisura, rigor e seriedade, enquanto, o Brasil, por intermédio de seus governantes jogam para o povo a responsabilidade e fatiam de forma desigual o ônus para os mais empobrecidos, enquanto a classe minoritária e abastada, que detém o quinhão, não sentirá o impacto, mas sim, as benécias do rei.

Por fim, o futuro que nos reserva a tão sonhada aposentadoria, que deveria se apresentar como um arauto do bem aos trabalhadores, poderá ser o mensageiro da morte de um sistema previdenciário caótico e falido, onde, quem contribuiu durante sua vida laboral, estará fadado ao caos financeiro.

E tenho dito!!!

RICARDO CÓRDOBA ORTIZ

Jornalista

DRT 1504/MS

Publicidade

cms0