Publicidade

Anuncie
Presidente Jair Bolsonaro

Bolsonaro: “Para nós, não existe politicamente correto”

O presidente da República defendeu as práticas de rodeio e da vaquejada neste sábado (17/08/2019), na Festa do Peão, em Barretos

Via Redação | Publicado por Redação | às 07:48:54

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), defendeu as práticas de rodeio e da vaquejada e disse neste sábado (17/08/2019) que, no governo dele, “não existe o politicamente correto“. Ele discursou na Festa do Peão, em Barretos, São Paulo, onde foi homenageado pelos produtores do evento.

PUBLICIDADE

“Neste momento em que tantos criticam a Festa do Peão ou a vaquejada, quero dizer que com muito orgulho estou com vocês. Para nós, não existe politicamente correto, faremos o que tem que ser feito”, disse em defesa dos eventos.



Ele estava acompanhado de parlamentares, ministros e governadores ligados ao agronegócio. Essa foi a quarta vez consecutiva que Bolsonarocompareceu à festa. Nesta edição, recebeu um diploma de homenagem e apoio “irrestrito” ao rodeio.

O presidente deu duas voltas na arena montado em um cavalo. Ele foi acompanhado pelo governador Ronaldo Caiado e pelo presidente da festa, Ricardo Batista da Rocha.

“Não há emoção maior do que ser recebido com tamanho calor humano. Todas as vezes que eu estive aqui vocês foram simpáticos demais comigo e a confiança ao longo do tempo foi nascendo. Hoje eu digo a vocês: respeito todas as instituições, mas lealdade eu devo a vocês. O nosso Brasil está acima de tudo e tenho Deus acima de todos”, completou.

Antes de discursar na tribuna, ele assinou um decreto que dispõe sobre a avaliação de protocolos de bem-estar animal elaborados por entidades promotoras de rodeios pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“Compete aos órgãos de sanidade agropecuária estaduais e distrital, como instância intermediária do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária, verificar o cumprimento dos
protocolos de bem-estar animal reconhecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento”, diz o despacho.
“Pela primeira vez temos um presidente que está honrando com o que prometeu durante a campanha. É fazer com que vocês se orgulhem de ser brasileiros. A nossa bandeira verde e amarela orgulha a todos nós”, agradeceu.
O presidente voltou ainda a comentar a questão do meio ambiente, que tem sido atacada por países europeus em defesa da Amazônia. Ele citou o encontro dele com presidentes de outros países no G20, em Osaka.

Meio ambiente

“Já que tem mutia gente do campo aqui, pela primeira vez os poderoso do mundo todo receberam um presidente brasileiro em tom de igualdade, no encontro do G20, em Osaka. Não voltei para o Brasil para demarcar terra indígena ou quilombola. Ou ser o xiita do meio ambiente. Enquanto eu for presidente, o desenvolvimento estará acima de tudo”.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho