Publicidade

Anuncie
Capital

Confira o resultado dos conselheiros mais votados em Campo Grande

Os cinco mais votados após apuração dos votos

Via Redação | Publicado por Redação | às 10:47:28

Mesmo com a eleição turbulenta dos conselheiros tutelares no último domingo (6) em Campo Grande, a apuração de votos foi finalizada ontem às 21h50 e divulgada nesta quarta-feira a lista dos 25 conselheiros tutelares mais votados segundo a Comissão Eleitoral do CMDCA.

Os cinco conselheiros que tiveram mais votos são Sérgio Luiz Barbosa Júnior com 1050 votos, e ocupa o 1°lugar, seguido de Liana Maria Maksoud Machado com 696 votos, Ana Cláudia Palmeira com 685, Ana Carolina Kalache Correa Lima Barreto 581 votos e Vânia Aparecida da Silva Oliveira Nogueira com 495 votos.

Durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (9), a Comissão Eleitoral informou que o resultado final ainda não será divulgado devido a quatro conselheiros que teoricamente foram eleitos terem ação na justiça por não passarem em uma das fases de processo seletivo e recorreram. O resultado final deverá sair antes do dia 10 de janeiro antes da posse e a comissão vai entrar em contato com a assessoria jurídica da prefeitura para ver os próximos passos dos candidatos que possuem ação na justiça.

O conselheiro tutelar é eleito pela sociedade para zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes. Os conselheiros acompanham os menores em situação de risco e decidem em conjunto sobre qual medida de proteção para cada caso de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os eleitos deverão assumir seus cargos em 10 de janeiro 2020 e terão mandato de 4 anos.

Conforme a Comissão Eleitoral, foram 20.349 votos apurados em 60 seções que estavam espalhadas pelas maiores regiões da Capital, além dos distritos de Anhanduí e Rochedinho. Os votos válidos somaram 20.166.

A eleição foi organizada pelo Conselho Municipal de Direito da Criança e do Adolescente, e fiscalizada pelo Ministério Público. Para o processo 2019, o Instituto Águia, empresa vencedora da licitação, preparou as etapas eliminatórias bem como a contratação das pessoas envolvidas na organização das seções eleitorais e foram mais de 200 pessoas envolvidas no pleito, entre mesários e escrutinadores- pessoas que ajudam na apuração dos votos.

A última urna terminou de ser apurada às 21h30 com o resultado final emitido pelo Tribunal Regional Eleitoral às 21h50. Todo processo de apuração foi sob orientação de técnicos do TRE e o escrutínio dos votos foi feito no Cartório Eleitoral.

JUDICIALIZAÇÃO
Dentre os 97 candidatos, haviam 19 sob judice que puderam concorrer após decisão judicial. Outros candidatos estão aguardando decisão final judicial e podem não assumir, mesmo tendo pontuado e ficado entre os 25 primeiros lugares.

Segundo a coordenadora da Comissão Eleitoral Alessandra Hartmann, várias candidaturas só foram possíveis mediante liminar que se julgadas, podendo anular ou confirmar a condição de candidatos. “O resultado final dos eleitos será divulgado oficialmente pelo Conselho, conforme consta em edital.” declarou a coordenadora.

CONFUSÃO

As votações foram marcadas por denúncias por parte dos eleitores que tiveram dificuldades para votar no último domingo. Mesmo com o voto facultativo, cerca de 30 mil eleitores compareceram às urnas, segundo a Comissão Eleitoral, o dobro do esperado.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) ajudou no processo fornecendo as urnas de lona para a votação. As denúncias que envolveram boca de urna, transporte irregular de eleitores e locais de votações errados foram encaminhadas ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS) que vai apurar.

Confira a lista de votos abaixo na forma decrescente:


Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho