Publicidade

conteudo
Violência contra Mulher

Vídeo - Com sinais de embriagues e descontrolado, Pedro Kemp xinga, ameaça e coage candidata a vereadora pelo PT

Via Redação | Publicado por Administrador | às 06:21:56

O candidato à prefeito de Campo Grande, deputado estadual Pedro Kemp (PT), xingou, coagiu e ameaçou a candidata a vereadora também do PT, Karla Cânepa. O momento em que o parlamentar esmurra a mesa levanta e grita no ouvido dela, de forma muito próxima, foi registrado em vídeo.

Segundo o irmão da vítima, Thiago Cânepa Amorim, o caso ocorreu dentro do comitê dela, na presença de várias pessoas.

’Ele exigiu e tentou forçá-la a excluir do grupo de whatsapp dos candidatos a vereadores do partido dos trabalhadores as informações divulgada pela transparência do TSE com os valores do fundo partidário, algo em torno de 500 mil reais, que favorecem apenas 8 dos 43 candidatos a vereadores do PT em Campo Grande/MS’’, diz Thiago.

O irmão da candidata classificou a atitude de Kemp como machista, autoritária e desequilibrado. Pelas imagens, o petista não não chegou as vias de fato e agrediu a candidata porque o seguraram, mas a agride moralmente com xingamentos, além dos berros eraaivecidos.

Em dado momento, Kemp berra, praticamente com a boca nos ouvidos dela, que ela teria de provar informações divulgadas no grupo.

Lei Maria da Penha

Conforme o artigo 129, do Código penal que trata da Lesão Corporal, da Lei Maria da Penha, violência contra a mulher pode ocorrer de várias formas, é o caso da violência física, sexual, negligência e a psicológica.

Para a Organização Mundial de Saúde (1998), a violência psicológica ou mental inclui: ofensa verbal de forma repetida, reclusão ou privação de recursos materiais, financeiros e pessoais. Para algumas mulheres, as ofensas constantes e a tirania constituem uma agressão emocional tão grave quanto as físicas, porque abalam a autoestima, segurança e confiança em si mesma.

Outro Lado

Partindo da premissa, que “Contra fatos não ha argumentos” , o site Conteúdo MS que é digirido por uma mulher, não abrirá espaço para qualquer que seja a “explicação” que este senhor queira dar, o vídeo fala por si. Portanto o “outro lado”aqui já está bem claro.

Nossa equipe abre sim o espaço para Karla Cânepa caso queira acrescentar algo relevante ao fato e também as autoridades locais, nos colocando a par de quais providências serão tomadas.

Quanto ao fato do senhor Pedro Kemp pensar em ser um dia prefeito em nossa Capital, desconsiderem, pois este “Ser” precisa primeiro sair de sua cadeira na Assembléia Legislativa de MS e se tratar.

O Conteúdo MS não compactua e não fará vistas grossas a comportamentos abusivos contra as mulheres, nós REPUDIAMOS e faremos nossa parte na luta contra esse e qualquer outro ato covarde nesse sentido!

Assista o vídeo:

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest