Publicidade

pmcg
Justiça

Vereador sai do “Ninho” e perde mandato sendo cassado

Via Redação | Publicado por Administrador | às 06:36:14

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul cassou o mandato do vereador de Ponta Porã, Mauro Ortiz (União Brasil), por infidelidade partidária. Com a decisão, tomada após sessão de julgamento no fim da tarde desta segunda-feira (8), a suplente, professora Anny Espíndola (PSDB) toma posse do cargo.

O legislador migrou do PSDB para o União Brasil em abril deste ano e a sigla tucana requereu o mandato, sob alegação de infidelidade partidária. A troca de legenda foi feita para concretizar os planos de Mauro em se candidatar a deputado estadual, tanto que seu pedido de candidatura já foi protocolado junto ao TRE-MS.

Durante sessão na Câmara Municipal de Ponta Porã, em maio passado, o então vereador usou a tribuna para falar sobre notificação que havia acabado de receber sobre o processo eleitoral que colocava seu mandato em risco. Na ocasião disse que estava triste e aborrecido.

Motivo – Não ficaram configurados em infidelidade partidária os detentores de mandato que faziam parte do PL ou Democratas, já que a fusão das siglas resultou na formação do União Brasil. Embora Mauro tenha perdido o posto de vereador, ele segue com os direitos políticos. (CAMPO GRANDE NEWS)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest