Publicidade

Campo
AGRONEGÓCIO

Soja: com processamento abaixo do esperado, preços recuam em Chicago

Via Redação | Publicado por Administrador | às 15:30:31

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam esta terça-feira, 15, com preços em baixa. Após atingir os maiores patamares em mais de dois anos e operar acima de US$ 10, o mercado tomou fôlego e realizou lucros.

O número abaixo do esperado e o menor em nove meses para o esmagamento dos Estados Unidos contribuiu para a correção. A Associação Norte-Americana dos Processadores de Óleos Vegetais (NOPA) informou que o esmagamento de soja atingiu 165,055 milhões de bushels em agosto, ante 172,794 milhões no mês anterior. A expectativa do mercado era de 169,47 milhões.

O cenário fundamental, entretanto, segue positivo. A demanda pela soja americana segue aquecida, principalmente por parte da China. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) anunciou a venda de 264 mil toneladas de soja em grão por parte dos exportadores privados americanos, sendo metade para a China e metade para destinos não revelados.

PUBLICIDADE

O clima segue desfavorável às lavouras americanas. Segundo o USDA, o índice de lavouras entre boas e excelentes condições caiu de 65% para 63% na semana encerrada em 13 de setembro. O mercado esperava estabilidade. A deterioração da soja confirma que a safra americana será menor do que a esperada inicialmente.

Os contratos da soja em grão com entrega em novembro fecharam com baixa de 8 centavos ou 0,8% em relação ao fechamento anterior, a US$ 9,91 por bushel. A posição janeiro teve cotação de US$ 9,95 por bushel, com perda de 7,50 centavos ou 0,74%.

Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com baixa de US$ 2,80 ou 0,86% a US$ 319,20 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 34,15 centavos de dólar, baixa de 0,14 centavo ou 0,4%.

Por Agência Safras

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest