Bastidores do Senado

Senadora Soraya Thronicke desmente jornal sobre apropriação de recursos para aquisição de viaturas da PM

Via | Publicado por Administrador | às 09:17:50

A senadora Soraya Thronicke veio a público esclarecer que, diferente do que está sendo divulgado por alguns veículos de imprensa, a parlamentar não se apropriou dos recursos de outros parlamentares destinados à aquisição de viaturas para a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Alguns jornais, sem credibilidade, têm distorcido informações com o objetivo de prejudicar a imagem e o trabalho da parlamentar, já que sua assessoria de imprensa não foi procurada para dar sua versão dos fatos.

No entanto, a senadora Soraya esclarece que foi convidada pelo Governo do Estado para a entrega das viaturas à PM. Os veículos foram adquiridos com recursos de convênio entre o Governo Federal e o Governo Estadual. Em suas redes sociais, a parlamentar chegou a compartilhar fotos da cerimônia. “Em nenhum momento dissemos ou induzimos nossos eleitores ao erro afirmando que sou a responsável pela aquisição das viaturas, pois sempre pauto o meu trabalho na verdade e na transparência”, garante.

A senadora Soraya ressalta ainda que aceitou o convite para participar da entrega dos veículos à PM, pois considera muito importante incentivar os profissionais da segurança pública. Um exemplo desse apoio dedicado à segurança pública do Estado é o recurso no valor de R$ 1,5 milhão que a senadora Soraya destinou de suas emendas individuais para investimentos. “Tenho muito respeito e admiração pelas polícias e pelos bombeiros. Eles merecem todo nosso respeito e admiração pelo trabalho que prestam à sociedade”, afirma.

A senadora lembra também a importância de buscar fontes confiáveis e veículos de credibilidade para obter informações. “Sabemos que existem muitos jornais mal-intencionados que nos atacam para obter vantagens pessoais. Peço que a população tenha sempre esse cuidado para não ser enganada e manipulada pela “imprensa marrom”, que não tem compromisso com a verdade e agem por interesse próprio”.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest