POLÍCIA FEDERAL

Quadrilha furtou mais de R$ 1,4 milhão em benefícios de idosos em Bela Vista

Via Redação | Publicado por Administrador | às 10:24:21

Na manhã desta quinta-feira (22) a PF (Polícia Federal) deflagrou a operação “Fake Address” para desestruturar uma organização criminosa especializada em fraudular o Benefício Assistencial ao Idoso. Estima-se que a organização criminosa tenha furtado mais de R$ 1,4 milhão dos cofres públicos.

Os crimes aconteceram em Bela Vista, cidade distante 324 km da Capital. Conforme a PF, a quadrilha usava cidadãos de nacionalidade paraguaia e documentos falsos para concessão do benefício, em especial comprovantes de residência fraudulentos com o objetivo demonstrar falsamente que os estrangeiros eram residentes em território nacional.

Com apoio de servidores do Ministério do Trabalho e Previdência Social, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão na cidade. As apurações indicam que o prejuízo aos cofres públicos ultrapassa R$ 1,4 milhão e com a operação e suspensão dos benefícios fraudulentos, estima-se que o prejuízo evitado aos cofres da União seja de R$ 6,5 milhões. (CAMPO GRANDE NEWS)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest