PMCG - Prefeitura Municipal de Campo Grande

Propostas para novo Plano Local da área central serão estudados para virar lei

Via Redação | Publicado por Administrador | às 08:04:51

Exemplo de que uma cidade se constrói com a participação de todos, é a elaboração do novo Plano Local de Desenvolvimento da Área Central, onde a população participou ativamente das rodas de conversa realizadas nos dias 19 e 20 de maio.

A Prefeitura Municipal ouviu sugestões para tornar o centro cada vez mais dinâmico, com fortalecimento na habitação, economia, valorização do patrimônio cultural e requalificação de espaços públicos. O Plano vigente foi elaborado em 2010, por meio da Lei complementar nº 161, com 94 diretrizes nas áreas urbanística, econômica, administrativa e legislativa. Com a atualização, o objetivo é agregar propostas feitas pela própria sociedade nesta nova redação.

A roda contou com propostas de diversos setores. Moradores citaram a importância de incentivos fiscais para a região central, inclusive para a habitação. Para a cultura, lembraram da Lei do Silêncio como entrave para o funcionamento de bares e restaurantes no período noturno, já que a necessidade de ocupação do centro durante a noite foi uma das propostas principais, devido à falta de opções de lazer e serviços.

A subsecretária de Gestão e Projetos Estratégicos e coordenadora do Programa Reviva Campo Grande, Catiana Sabadin, também participou da roda de conversa e ressaltou a importância da colaboração popular. “Ajuda a gente a ter noção da vocação da área central, da economia criativa, da importância histórica”. Para ela, o fortalecimento do turismo na região pode ser uma chave para impulsionar o desenvolvimento local e a habitação.

Além das rodas de conversa, está disponível um formulário para sugestões de forma online. Para participar, basta acessar o site reviva.campogrande.ms.gov.br, abrir a aba “documentos” para se familiarizar com os diagnósticos de cada área já realizados, e mandar sua proposta. A próxima fase prevê um estudo sobre as sugestões enviadas e, posteriormente, a elaboração de um projeto de Lei que passará pelo Legislativo Municipal.

Uma das responsáveis pela revisão do Plano Local de Desenvolvimento da Área Central, a arquiteta e urbanista Neila Vieira, cita a requalificação da Rua 14 de Julho como exemplo de melhorias realizadas na cidade a partir do documento. Ela diz que o Plano precisa ser atualizado para garantir melhorias no microcentro e no corredor de Transporte Urbano da Rua Rui Barbosa. “Esse Plano precisa ser atualizado, porque muitas informações já mudaram. Os próprios projetos executados deram uma cara nova para o centro. Então ele precisa de uma revisão, de acordo com a realidade”.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest