PMCG - Prefeitura Municipal de Campo Grande

Prefeitura e TRT realizam 1º Torneio de futebol de jovens das comunidades indígenas

Via Redação | Publicado por Administrador | às 17:43:43

A Prefeitura de Campo Grande, o Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região e o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul, reúnem hoje (5), às 17h30, várias autoridades e lideranças indígenas, para o lançamento do 1º Torneio de Futebol de Jovens das Comunidades Indígenas, que será realizado nos dias 19, 20 e 21 deste mês.

O campeonato reunirá, 160 atletas, de 16 a 20 anos, das etnias Terena, Guarani e Kadiwéu. São oito times convidados dos municípios de: Campo Grande, Caarapó, Dourados, Amambai, Miranda, Aquidauana/Taunay, Sidrolândia/Dois Irmãos do Buriti. Os primeiros colocados irão receber premiação. O evento deve reunir aproximadamente 3 mil pessoas. As lideranças organizadoras das equipes receberam coletes e bolas de futebol.

A ação faz parte do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, do TRT, e seu objetivo é incentivar a permanência na escola por meio do esporte e combater a exploração da mão-de-obra infantil.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte, Odair Serrano, falou sobre a parceria. “Temos experiência com a realização de jogos indígenas. Já promovemos alguns. Esse convite do TRT mostra o quanto a Fundação é prestigiada para realizar esse tipo de evento. É um prestígio imenso participar dessa parceria. As populações indígenas também são muito parceiras e sempre estão nos campeonatos levando alegria para sua comunidade”.

Coordenador de assuntos indígenas da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU), disse que a competição estimula a competição esportiva entre diferentes etnias. “Tivemos muitas perdas durante a pandemia e esse evento vem a somar, alegrar a comunidade, e, principalmente fazer nossos jovens voltarem a sonhar”, disse.

O Desembargador do TRT, João de Deus defendeu a importância deste tipo de ação. “É um pilar da educação, de sustentação que a gente deseja para as crianças, principalmente as que vivem nas aldeias, junto com o esporte, porque, um agrega o outro. Nada melhor do que usar esse projeto contra o trabalho infantil, voltado para os povos indígenas”.

A Competição ocorrerá no Estádio Jacques da Luz, na Moreninha II, com entrada gratuita à população.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest