Capital

Policiais encontram rinha com 57 galos e multam homem em 28,5 mil

Via Redação | Publicado por Administrador | às 15:50:22

Um local onde funcionaria um criadouro de galos para rinha no bairro Coophavila II foi denunciado para Policia Militar Ambiental de Campo Grande nesta quinta-feira (22/9) pela manhã. A equipe foi ao local e encontrou homem de 55 anos, que identificou-se como cuidador dos animais e que receberia para alimentar e treinar os galos.

A equipe verificou onde eram mantidos os animais, várias esporas, biqueiras artificiais, tesouras cirúrgicas, gaiolas, seringas e remédios para tratamento dos ferimentos dos galos.

Eles ficavam presos em gaiolas de alvenaria e de ferro, algumas extremamente apertadas, com restrição de movimentos, privação de luz solar e circulação aérea inadequada, o que, por si só, caracteriza-se maus-tratos.

Alguns animais apresentavam diversos ferimentos na crista e peito e se apresentavam mutilados, com as esporas cortadas.

O material foi apreendido, além de 57 galos domésticos. O infrator, residente no local, foi conduzido pelos Policiais Militares à delegacia de Polícia Civil na Capital e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais, com pena prevista de três meses a um ano de detenção.

A PMA confeccionou auto de infração administrativo e aplicou multa de R$ 28.500,00 contra o infrator.

Os galos e as gaiolas ficaram sob responsabilidade do autuado como fiel depositário, devido à falta de local adequado para serem levados naquele momento. Assim que se consiga um local para a destinação, todo o material será recolhido. O fiel depositário precisa manter tudo como está, sob pena de prisão e nova autuação administrativa de multa ambiental.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest