Publicidade

calor
Fronteira

Pistoleiro acusado de matar policial a tiros é preso na fronteira

Via Redação | Publicado por Administrador | às 10:45:55

O pistoleiro Derlis Valenzuela Vilalba foi preso na manhã desta quarta-feira (12/1), em Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteita com o Paraguai. Ele é acusado de matar o policial Freddy Cesar Diaz, em Pedro Juan Caballero, no país vizinho.

O homem acabou preso por agentes da polícia do Departamento de Amambay [equivalente a um Estado no Brasil]. Conforme o Midiamax, o atentado contra o policial aconteceu no dia 13 de janeiro do ano passado, quando ele estava indo para a delegacia.

Ele foi surpreendido por pistoleiros que fizeram vários disparos. O policial teria reagido já que projéteis foram encontrados dentro de seu veículo.

O chefe de investigações de Amambay, Rúben Paredes, havia dito na época, quando questionado sobre o ataque que não descartava ser uma retaliação da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) após a captura e expulsão do chefe Giovani Barboza da Silva, o ‘Bonitão’, do PCC. Ele foi expulso do Paraguai depois de ser capturado visitando a esposa, na fronteira.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest