Educação

Novo Ensino Médio: conheça as principais mudanças

Via Redação | Publicado por Administrador | às 18:10:37

As escolas públicas e privadas começaram a implementar o Novo Ensino Médio, o processo será feito de forma gradual. Em 2022, entrará em vigor para os alunos do 1º ano e, até 2024, estará em todas as turmas. A professora e especialista em educação básica, Lilian Souza Dornelas esclarece algumas dúvidas sobre o assunto. O novo modelo de aprendizagem, aprovado em uma lei em 2017, permite que o jovem opte por uma formação técnica e profissionalizante, com o objetivo de prepará-lo também para o mercado de trabalho.

O que muda no Novo Ensino Médio?

O formato prevê mudanças na carga horária e na grade curricular dos alunos do 1º, 2º e 3º ano. “A formação geral básica na matriz curricular representa a parte obrigatória e comum a todos os anos e modalidades de ensino,” explica a professora. A formação está organizada em 4 áreas do conhecimento , assim como é dividido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) atualmente. São elas:

Linguagens e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Inglês, Artes e Educação Física);

Matemática e suas Tecnologias (Matemática);

Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Química e Física);

Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (História, Geografia, Sociologia e Filosofia).

Segundo Lilian, a mudança também irá depender da modalidade de Ensino Regular/EJA (Educação de Jovens e Adultos) e do turno: matutino, vespertino e noturno. Deve se levar em consideração as Secretarias Estaduais de Educação e o Estado.

A carga horária terá o total de 3 mil horas letivas ao final da fase de ensino, ou seja, o aluno cumprirá mil horas letivas anuais. O aumento foi de 200 horas em relação ao modelo anterior. Além disso, 1.800 serão dedicadas ao currículo comum e 1.200 para as disciplinas eletivas dos itinerários formativos.

Os itinerários formativos são o conjunto de “disciplinas” (Componentes curriculares), projetos, oficinas, núcleos de estudo, entre outras situações de trabalho que os estudantes poderão escolher no Ensino Médio. Serão optativos e, a partir de 2023, obrigatórios. Organizam-se da seguinte forma:

Projeto de vida

Outra novidade do novo Ensino Médio é o “Projeto de Vida”, que tem por objetivo ajudar o aluno em suas escolhas para o futuro.

Eletivas

Componentes curriculares que oportunizam a diversificação das experiências escolares dos estudantes.

Preparação para o mundo do trabalho

Introdução ao mundo do trabalho. Tecnologia e inovação.

Aprofundamento nas áreas de conhecimento

Núcleo de inovação Matemática; Prática Comunicativas e Criativas; Ciências Da Natureza e suas tecnologias; Humanidades e ciências sociais.

Benefícios do novo Ensino Médio

Para Lilian, “a ideia é que com esse novo modelo de ensino, os alunos tenham oportunidades de vivenciar novas experiências práticas, aprofundar o conhecimento nas áreas que tem interesse e ter uma visão ampla do mundo tendo como base o seu Projeto de vida.”

Segundo a especialista em educação básica, o novo Ensino Médio contribui ainda com o desenvolvimento do projeto de vida e carreira dos alunos, visto que, as escolas deverão priorizar atividades que promovam a cooperação, a resolução de problemas, o desenvolvimento de ideias, o entendimento de novas tecnologias, o pensamento crítico, a compreensão e o respeito. “Teoricamente as mudanças são muito assertivas, mas a implementação está longe da teoria,” afirma Lilian.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest