Publicidade

Campo
Estado de MS

Notificações por dengue ‘explodem’ e mais um óbito é registrado no Estado

Via Redação | Publicado por Administrador | às 16:08:04

A quantidade de notificações de pessoas com suspeitas de dengue em Mato Grosso do Sul saltou de 33.014 para 36.655 em uma semana, de acordo com o mais recente Boletim Epidemiológico da doença.

Do dia 18 de março até esta quarta-feira (25), 3.641 novos casos foram registrados na SES (Secretaria de Estado de Saúde) e o número de mortes já chega a 19 neste ano, segundo o Boletim.

Em Dourados já são 1.042 notificações por suspeitas de dengue, sendo 112 novos registros nos últimos sete dias e uma morte confirmada.

Neste mesmo período, foi registrado mais um óbito causado pela dengue no Estado. A última vítima da doença, uma mulher de 42 anos residente em Corumbá, morreu no dia 19 de março com quadro clínico agravado por uma hipertensão.

Em meio aos debates e ações de precaução contra o coronavírus (Covid-19), os números referentes a dengue chamam a atenção para a existência de uma epidemia de dengue em Mato Grosso do Sul, principalmente se compararmos os dados com o mesmo período de 2019.

Para se ter uma ideia, até o dia 27 de março de 2019, a SES havia notificado 15.924 suspeito de dengue, ou seja, menos da metade do que foi registrado durante nestes três primeiros meses de 2020.

Até esta quarta-feira (25), dos 36.655 casos notificados, 13.621 foram confirmados como dengue em todo o Mato Grosso do Sul.

Na cidade de Dourados, 434 casos da doença foram confirmados, a maioria por análise laboratorial.

Além de Corumbá, onde três pessoas morreram de dengue neste ano e de Dourados com uma morte, também foram registrados óbitos em Sete Quedas (1), Campo Grande (4), Cassilândia (1), Pedro Gomes (1), Nova Andradina (1), Caarapó (1), São Gabriel do Oeste (1), Bodoquena (1), Chapadão do Sul (2), Mundo Novo (1) e Aquidauana (1).

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest