Eleições

MS vai ter 8 mil policiais nas ruas para coibir crimes eleitorais

Via Redação | Publicado por Administrador | às 18:14:03

A Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) dará início na sexta-feira (30/9), à Operação Eleições 2022. Durante os dias que antecedem e ocorre o pleito, Mato Grosso do Sul terá 8 mil homens e mulheres atuando na prevenção a crimes eleitorais.

A ação, desencadeada pelo CICC (Centro Integrado de Comando e Controle) terá participação de todas as forças estaduais de segurança pública, entre elas a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, DOF (Departamento de Operações de Fronteiras) e órgãos de inteligência.

As eleições ocorrem no próximo domingo (2/10) em todo o país.

Nessa data, serão definidas as composições das Assembleias Legislativas, Câmara dos Deputados e um terço do Senado Federal, além de Governo e Presidência.

Em Mato Grosso do Sul são 1.996.510 eleitores aptos a votar nas 1.051 seções distribuídas em 54 zonas eleitorais.

De acordo com a Sejusp, durante o período de operações, as forças de segurança prestarão apoio “irrestrito à Justiça Eleitoral”, tendo como base coibir e reprimir, se necessário for, “toda e qualquer ação ou delito que de alguma forma venham a prejudicar o bom andamento das eleições e da ordem pública, no primeiro e segundo turnos das eleições”, relata comunicado divulgado pela pasta.

Entre os delitos que estarão sendo coibidos durante a Operação estão possíveis crimes eleitorais como boca de urna, transporte ilegal de eleitores e compras de votos.

Também serão monitorados fatores que podem ter impactos nas eleições, como temporais, alagamentos e quedas de energias em locais de votação e de apuração dos votos.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest