Café e Conteúdo

Ministra se empenha em ajudar Corumbá com incêndio

Via | Publicado por Administrador | às 12:30:24

Após matéria divulgada nesta-sexta-feira (24), pelo Conteúdo MS, sobre as queimadas que estão devastando o Pantanal em Corumbá, nossa redação entrou em contato com a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina (DEMOCRATAS).

A ministra informou que ontem havia sido procurada pelo comandante geral do Corpo de Bombeiros Coronel QOBM Joilson Alves do Amaral, que também a procurou para tratar dessa pauta.

“Já estou em busca de ajuda, o Comandante Joilson falou comigo ontem e estou levando essa situação diretamente ao Ministro da Justiça e Cidadania, André Luiz de Almeida Mendonça, para vermos o que pode ser feito”, disse Tereza.

A ministra ainda ressaltou que em 2019 quando Corumbá, também passou por esse problema, o estado de Mato Grosso enviou aviões de lá para ajudar no combate ao incêndio, mas que esse ano eles também estão precisando por estarem em um grande período de estiagem.

A população está completamente vulnerável pois a cidade está coberta de fumaça, o que causa além do desconforto sérios problemas respiratórios comprometendo os pulmões e sem contar com a COVID-19 que é outro fator que debilita os pulmões.

Assembleia Legislativa

O deputado Evander Vendramine (PP) também tem se mobilizado nesta tarefa e procurou órgãos competentes para tratar do assunto.

Infelizmente é uma situação que vemos quase todos os anos. hoje a pedido do Prefeito Marcelo Iunes entrei em contato com o governo do Estado pedindo apoio e mais providências para combater os incêndios.

Precisamos atacar a causa, estou cobrando do Governo do MS que equipe a policia ambiental com estrutura e pessoal necessário para fiscalizar toda a extensão do nosso território, pois com o pequeno efetivo que temos e alguns poucos barcos ou lanchas, torna-se praticamente impossível chegar aos criminosos, que por algum motivo ateiam fogo nas pastagens nativa. Fogo raramente pega sozinho.

Precisamos de helicópteros e aviões permanentes aqui em Corumbá para atuar tanto na fiscalização, como também nas ações rápidas de combate aos incêndios quando estes surgirem.

Estou cobrando também do Governo Federal, ações mais efetivas do IBAMA na preservação e fiscalização, pois são insuficientes as brigadas de incêndio que aqui disponibilizam para essas ações;

Os brigadistas com bombas manuais costais e abafadores de borrachas servem para apagar incêndios em pequenos terrenos urbanos e não em grandes extensões do Pantanal, chega a ser vergonhosa essas ações.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest