Interior

Ministério Público investiga servidores suspeitos de assédio e estupro em prefeitura de MS

Via Redação | Publicado por Administrador | às 12:20:36

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquéritos para investigar um servidor e um ex-servidor da Prefeitura de Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande, por supostos atos de assédio sexual e estupro.

Os dois editais de inquérito foram publicados no Diário Oficial do MPMS desta quinta-feira (30), disponíveis para consulta pública, embora as investigações estejam em sigilo. Os procedimentos estão sob os cuidados do promotor de Justiça Paulo Henrique Mendonça de Freitas.

Investigados por assédio e estupro

Um dos investigados é um ex-servidor da Procuradoria-Geral do Município, exonerado no ano passado. Ele é suspeito de praticar possíveis atos de assédio moral e sexual no ambiente de trabalho.

Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura disse que foi instaurado processo administrativo disciplinar, o qual resultou na comprovação de culpa e o próprio servidor pediu exoneração.

“Após a conclusão do referido processo foi enviada uma cópia para o MP realizar a apuração que entender pertinente. Ressalta-se que essa conversão em demissão foi judicializada pelo ex-servidor”, afirma.

O outro investigado é um motorista do transporte escolar suspeito de assédio sexual e estupro no exercício da função. No entanto, o município ainda não se manifestou sobre este caso.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest