Publicidade

alems
Polêmica

‘Minha vontade é pegar um trezoitão e cravar neles’, Mandetta em relação a filhos de Bolsonaro, segundo ex-assessor

Via Redação | Publicado por Administrador | às 10:24:32

Antes de se despedir do Ministério da Saúde, em cerimônia aparentemente cordial no Palácio do Planalto ao lado de Jair Bolsonaro, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) teria revelado seus desejos mais íntimos em relação a Carlos, Flávio e Eduardo, os filhos do presidente.

“Minha vontade é pegar um trezoitão e cravar neles. Pelo menos passava a minha raiva”, teria dito Mandetta, segundo o então diretor de Comunicação do Ministério da Saúde, Ugo Braga, que conta os bastidores da gestão do demista em seu livro “Guerra à Saúde”, que será lançado no dia 10 de novembro.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, que antecipou trechos do livro na edição deste sábado (17) da Folha de S.Paulo, Mandetta acreditava que “o presidente é bom, é bem-intencionado. O problema é aqueles filhos dele, que ficam o dia inteiro xingando nas redes sociais. Sorte que eu não mexo com essas coisas…”

Em outro trecho do livro, Braga conta que em uma reunião no dia 2 de abril, representantes de Bolsonaro teriam sugerido a transferência de idosos das favelas do Rio de Janeiro para hotéis. “Eles querem isolar o idoso e botar os jovens para trabalhar, para se infectarem”, teria dito uma das pessoas que participaram do encontro.

O ex-diretor de Comunicação revela ainda que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, ficou triste e ligou para Mandetta para se despedir. “Eu estou ligando para dizer que meu coração está triste pela sua saída, viu?”, teria dito Michelle.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest