Esportes

Miles Bridges, astro da equipe de Michael Jordan, é preso por violência doméstica

Via Redação | Publicado por Administrador | às 11:54:47

O ala-pivô Miles Bridges, do Charlotte Hornets, da NBA, foi autuado pelo Departamento de Polícia de Los Angeles pela acusação de agressão física contra uma mulher. O jogador de 24 anos se apresentou às autoridades na quarta-feira. Conforme apuração da ESPN americana, ele pagou uma fiança de US$ 130 mil (R$670 mil) e vai responder ao processo em liberdade. O julgamento do caso está marcado para 20 de julho.

A agressão teria acontecido na noite anterior (terça-feira). De acordo com relatos ouvidos pelo portal TMZ Sports, após discussão entre Bridges e a vítima, o jogador teria partido para a violência física. A polícia foi acionada, mas chegou ao local quando o atleta já havia saído. A vítima teria pedido assistência médica.

Em nota, o Charlotte Hornets, que tem Michael Jordan como dono, confirmou que está ciente da situação e que ainda apura informações adicionais sobre o caso. O atleta, que jogou por quatro temporadas pela franquia, foi o maior pontuador do time no último ano, com média de 20,2 pontos por jogo.

Bridges começou todos os 80 jogos da última temporada como titular. Considerando os números anteriores, a temporada 2021-22 foi a melhor de sua carreira. O ala-pivô foi draftado em 2018 pelo próprio Charlotte Hornets. No basquete universitário, ele atuou pela Universidade de Michigan, onde estava desde 2016.

Fora das quadras, Bridges se aventura com os microfones. O atleta utiliza a alcunha de RTB MB ao se apresentar como rapper. Seu mais recente lançamento foi a mixtape MB Vandross, publicada em 2022.

O suposto episódio de violência aconteceu às vésperas do dia em que Bridges poderia se tornar um agente livre no mercado. A partir da noite desta quinta-feira, atletas em fim de contrato podem começar a receber propostas de outras equipes da NBA. Por contrato, os Hornets ainda teriam direito de cobrir qualquer oferta feita ao jogador.

OUTRO CASO

Esse é o segundo processo criminal movido contra um jogador do Charlotte Hornets em menos de um mês. Há duas semanas, veio à tona a acusação contra o pivô Montrezl Harrell por tráfico de drogas. Segundo a polícia de Kentucky, foram encontradas embalagens com maconha no carro Harrell durante uma vistoria. O montante encontrado pesava pouco mais de um quilo. O jogador deve comparecer ao julgamento no dia 13 de julho.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest