Publicidade

pmcg
Brasília

Manifestantes a favor de Bolsonaro se reúnem na Esplanada dos Ministérios

Grupo fará uma carreata e faz críticas ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso Nacional

Via Redação | Publicado por Administrador | às 09:36:02

Pelo segundo fim de semana seguido, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reúnem na Esplanada dos Ministérios, onde ensaiam uma manifestação a favor do governo federal e contra os poderes Legislativo e Juciciário. Neste sábado (09/05), o encontro estava previsto para começar por volta das 9h30, na altura da Catedral de Brasília. Às 10h30, o número de manifestantes ainda era tímido.

Mateus, 23 anos, disse que apoia o presidente, mas aproveitou o sábado para fazer um dinheirinho extra. Ele saiu de casa cedo, para vender adereços verde e amarelo durante o protesto. “Estou defendendo uma melhoria do país.. Não quero saber de Moro, a minha defesa é Bolsonaro e o meu país”, disse o jovem que pediu para não ter o sobrenome divulgado.

Movimentação na Esplanada dos Ministérios. A cena se caracteriza por poucos manifestantes, o clima é de concentração. O diferente é a quantidade de policiais na rua. Ha um cerco de pms no Congresso e muitas viaturas no Museu, além das que estão circulando nas ruas

Movimentação na Esplanada dos Ministérios. A cena se caracteriza por poucos manifestantes, o clima é de concentração. O diferente é a quantidade de policiais na rua. Ha um cerco de pms no Congresso e muitas viaturas no Museu, além das que estão circulando nas ruas

Dezenas de carros se encontram no local para uma carreata, que deve percorrer toda a área central de Brasília. “Bom dia, bolsonarianos. Estamos aqui para mudar os rumos que este país estava tomando. O comunismo estava acabando com nosso Brasil. O comunismo não aceita perder. Eles pregam democracia, mas só atrapalham. O STF é ditador e rasga a constituição. O Congresso quer comandar”, disse o locutor no carro de som.

“Dois ministros já caíram. Não vamos citar o nome dele, mas sabemos que são traidores. Já foram tarde. O STF e o Congresso são vermes e precisam ser extintos com pesticidas”, continuou o animador.

Agentes da Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal, o DF Legal, apreenderam materiais que eram vendidos, por falta de nota fiscal. Mas bandeiras do Brasil, camisetas e bandanas com o rosto de Bolsonaro estampado continuam sendo comercializadas.

“Algumas autoridades, inclusive do Supremo, estão tentando destruir a economia e colocar na conta do Bolsonaro. Os governadores e o Congresso estão nesse projeto e não vai colar”, disse um dos líderes do ato de cima do carro de som

Aguarde mais informações

Fotos: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest