Publicidade

Campo
PMCG - Prefeitura Municipal de Campo Grande

Festa de casamento deve voltar com dança permitida só para noivos

Via Redação | Publicado por Administrador | às 12:42:15

Se no dia 15 de setembro, terça-feira da semana que vem, a taxa de ocupação de leitos de UTI for menor que 70%, a prefeitura deve autorizar a liberação de festas em buffets, segundo informou o prefeito Marquinhos Trad (PSD). A proposta é de liberar com critérios, o principal deles quanto à lotação de 30% da capacidade máxima dos espaços. O boletim de hoje da Secretaria Estadual de Saúde, já trouxe o índice de 69% de ocupação.

Os casamentos, por exemplo, devem ter apenas membros da família entre os convidados e sem pista de dança aberta. Somente os noivos poderão dançar e o serviço de buffet também será mudado, em vez dos convidados se servirem, os pratos já virão da cozinha prontos, dentro do serviço conhecido como à francesa ou à inglesa.

“Estamos monitorando semanalmente os números de contaminação e mediante estes laudos técnicos, estamos definindo os próximos passos de flexibilização”, disse Marquinhos.

O prefeito enxerga certa queda no percentual, citando inclusive que de 80, foi para 78, 75 e 74%. “Isso comprova que está caindo”, frisou. No último boletim divulgado, o percentual já chegou a 69 na Capital.

No entanto, Marquinhos ressalta que se os índices de contaminação e internações voltarem a subir, fecha tudo de novo. “Temos que começar a devolver a vida para as pessoas, mas com cautela”, completa.

Supervisora de eventos, Diane Zazoni explica que dentro do plano de biossegurança entregue à prefeitura além da capacidade, o setor de eventos já previa o mapeamento dos locais com distanciamento. “A gente sabe quem são as pessoas que vem para um evento, porque elas compram ingressos ou são convidadas. Então podemos colocar para sentar cinco pessoas da mesma família em uma mesa que já se relacionam entre si”, exemplifica.

A pista de dança já era apontado como o ponto de maior rigidez para não haver contaminação. “Não vai ser permitida como era antigamente, neste novo normal, a pista de dança, mas tudo depende do decreto”.

(CAMPO GRANDE NEWS)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest