CORONAVÍRUS - Covid-19

Felipe Orro pede ao Exército Brasileiro a construção de Hospital de Campanha no Distrito de Taunay

Via Redação | Publicado por Administrador | às 17:16:13

O deputado estadual Felipe Orro apresentou ofício nesta sexta-feira (31) ao CMO (Comando Militar do Oeste) solicitando a instalação de um Hospital de Campanha no Distrito de Taunay, para reforçar a estrutura de enfrentamento à pandemia do Covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o município de Aquidauana já contabiliza 348 casos confirmados de coronavírus, sendo 148 nas últimas 24 horas, e 13 óbitos.

O pedido de construção de Hospital de Campanha no Distrito de Taunay foi protocolado com urgência ao Comandante do CMO, General Fernando José Sant’Ana Soares e Silva. “É necessária uma ação imediata para construção de Hospital de Campanha que atenda a população das comunidades indígenas. Nas aldeias do Distrito de Taunay, os casos positivos e óbitos por conta da Covid-19 estão em absurda ascensão”, lamenta Felipe Orro.

Felipe Orro acrescenta que o pedido de criação de Hospital de Campanha no Distrito de Taunay se dá pelo fato de que as aldeias indígenas encontram-se com o aumento significativo de casos positivos. “O Hospital Regional de Aquidauana dispõe de 10 leitos de CTI, mas apenas quatro respiradores podem ser acoplados à rede de oxigênio. Com o estado precário no hospital da cidade, pedi urgência na viabilização de construção de Hospital de Campanha no Distrito de Taunay, para que as comunidades indígenas tenham acesso imediato ao tratamento”, explica Orro.

O parlamentar destinou para Aquidauana R$ 330 mil em emendas para serem empenhadas exclusivamente no combate à pandemia do coronavírus. O Governo Federal também repassou R$ 6,4 milhões ao município através do Fundo Emergencial para a Saúde. “Infelizmente estamos lidando com a falta de transparência da administração municipal, que não presta contas de como está empenhando esses valores. Desde o mês de março a cidade teve tempo para se estruturar, mas segue com uma rede de saúde precária e precisamos recorrer ao Exército Brasileiro para reforçar a estrutura de combate ao coronavírus”, finaliza Orro.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest