Fronteira

Executado enquanto erguia muro é mais um de família marcada par morrer em MS

Via Redação | Publicado por Administrador | às 11:48:53

Executado na tarde de ontem em Ponta Porã, Carlos Anhasco Espinaço, 39, teve os sogros assassinados no dia 26 de outubro, durante ataque de pistoleiro em Campo Grande. O crime aconteceu no bairro Portal Caiobá.

O relato foi feito pela esposa da vítima à polícia.

Na época do fato, Pedro Celso Ajala, 45, chegava de carro na casa onde morava na companhia da mulher, Ana Cláudia Gonçalves Martinez, 46, quando um homem apareceu e efetuou os disparos.

Ana morreu no local, enquanto Pedro ainda foi socorrido e encaminhado ao hospital, mas teve o óbito confirmado horas depois.

Morte na fronteira

Na tarde de ontem, Carlos Anhasco Espinaço estava na companhia de duas pessoas construindo o muro da casa onde morava, quando os suspeitos chegaram em um carro prata com placas do Paraguai.

Um deles, encapuzado e armado, efetuou vários disparos, o matando no local.

De acordo com relato de uma testemunha à polícia, o homem vinha sofrendo ameaças e a suspeita é que o crime tenha ligação com o tráfico de entorpecentes naquela região.

O caso segue em investigação e ainda não há informações sobre os autores da execução.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest