Publicidade

pmcg
Interior

Empresário descobre que está morto ao tomar vacina da covid em Corumbá

Via Redação | Publicado por Administrador | às 06:36:32

O empresário Francisco Heraldo Cortez Júnior, 38 anos, levou um susto ao tomar a vacina contra a covid-19, em Corumbá. Ele foi informado que a documentação o dava como morto.

Segundo o Diário Corumbaense, Chico, como é conhecido em Corumbá, foi ao drive thru, no Poliesportivo da Avenida Porto Carreiro.

Ainda conforme o site, ele entregou a documentação exigida e notou demora na resposta. Em seguida, foi informado que o cartão do SUS foi cancelado, por motivo de óbito dele.

“Pedi explicação, mas não deram, só pediram para eu ver o Número de Identificação Social (NIS) e então não pude tomar a dose de reforço. Acho que até desconfiaram de mim’’, contou o empresário.

Chico foi às redes sociais e comentou o caso. Ele detalhou que a única explicação possível, é o fato de ter o mesmo nome do pai, mas com o acréscimo de ‘’júnior’’ no final.

“Meu pai faleceu dois dias depois que tomei a primeira dose da Pfizer. Ele foi a óbito após complicações da covid, ficou mais de 50 dias internado’’, detalhou Francisco.

Horas depois do caso ficar conhecido na cidade, a Secretaria de Saúde de Corumbá chamou Francisco e o informou que o cartão dele foi reativado. O problema foi exatamente a semelhança do nome de pai e filho.

“Houve um equívoco, mas os dados já foram corrigidos no sistema e o senhor Francisco pode ser vacinado. A Secretaria de Saúde pede desculpas pelo transtorno causado”, disse a assessoria.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest