Capital

Em 2022, restaurações incluem do Museu José Antônio a primeira escola rural de Campo Grande

Via Redação | Publicado por Administrador | às 16:00:07

Os projetos envolvendo o setor cultural de Campo Grande tem ganhado cada vez mais a curiosidade dos moradores. A expectativa do setor público para 2022 é começar os processos de licitação para restaurar o Museu José Antônio Pereira e, também, a antiga Escola Isauro Bento Nogueira, primeira escola rural de Campo Grande.

Conforme as informações da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), responsável pelo setor, a Gerência de Patrimônio Cultural aguarda a tramitação da licitação do projeto de Restauro do Museu José Antônio, uma vez que a casa é feita de taipa – processo rudimentar que usa barro e madeira – vem requisitando a atenção do poder público e pode oferecer riscos ao acervo.

A expectativa é a mesma para a Escola Isauro Bento Nogueira, primeira instituição rural de Campo Grande, por ser uma edificação culturalmente importante para a população que mora no Distrito de Anhanduí, a 55 quilômetros da Capital. Segundo a Sectur, as expectativas são boas.

“Estamos no aguardo da tramitação do processo de licitação do Museu José Antônio Pereira e da Escola Isauro Bento Nogueira, para elaboração dos respectivos projetos de restauro. É fundamental que se tenha o projeto elaborado para que seja quantificado e orçado e, por fim, seja possível tornar a execução do restauro um fato”, informou, em nota.

Outras ações previstas para 2022

Também para este ano, está sendo planejado a VI Seminário Municipal de Patrimônio Cultural a ser realizado em agosto, na Semana de Valorização ao Patrimônio Cultural de Campo Grande.

Segundo a Sectur, outras ações encontram-se em fase de elaboração.(Midiamax)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest