NOTÍCIA BOA, LEIA

Dólar cai 1,1%, após anúncio de prévia da inflação no Brasil

Via | Publicado por Administrador | às 17:06:57

No cenário interno, a principal influência foi a divulgação do índice de preços IPCA-15, prévia da inflação. O índice teve alta em janeiro de 0,55%, após ter subido 0,52% em dezembro, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em 12 meses, a alta foi de 5,87%.

O banco Goldman Sachs destacou dado acima do esperado, mas com o núcleo da inflação de serviços surpreendendo positivamente.

Ainda assim, a equipe do banco liderada por Alberto Ramos escreveu em relatório a clientes que “a dinâmica da inflação subjacente ainda é desafiadora, dadas as pressões ainda disseminadas sobre o núcleo e a inflação de serviços”.

Segundo o banco, o pano de fundo é de aperto no mercado de trabalho, expectativa de deterioração do mix de políticas macro e micro e uma expansão fiscal considerável em 2023, possivelmente até além deste ano, bem como uma nova tendência ascendente das expectativas de inflação para o período de 2023 a 2025.

Na cena política, declarações envolvendo bancos estatais na véspera chamaram a atenção de alguns analistas, mas sem reflexos aparentes nos preços do câmbio.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse ontem que a proposta de uma moeda comum para transações comerciais com a Argentina terá como um primeiro passo a implantação de um mecanismo de financiamento às exportações do país vizinho, o que envolveria financiamento pelo Banco do Brasil por meio de cartas de crédito. O ministro posteriormente negou que haja risco para o banco estatal.

No exterior, a pauta foi a expectativa de nova redução no ritmo de alta de juros pelo Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos. Analistas atribuíram parte da apreciação do real à entrada de recursos estrangeiros, em meio a um ambiente externo visto como mais favorável.

(Com Reuters)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest