Publicidade

conteudo
Lugar de Mulher e na Política

Crianças denunciam estupros e homem é preso após 5 meses foragido

Via | Publicado por Administrador | às 18:39:57

A Prefeitura de Campo Grande definiu, por meio de decreto, nesta segunda-feira (14), que as aulas na rede particular de ensino e faculdades e universidades vão voltar na forma presencial no próximo dia 21 de setembro.

Conforme o decreto 14.555, a educação privada voltará primeiro, mas só com o nível de berçário e educação infantil. Neste caso, só será permitida lotação máxima de 30% da capacidade do local.

O documento exige que cada instituição de ensino deverá apresentar um plano de biossegurança, para conter a disseminação da covid-19. Ele deverá ser assinado por um representante legal da empresa e tem de estar disponível para consulta de funcionários e alunos.

Ainda segundo o decreto, os empresários deverão obedecer regras rígidas.

‘’...as mesas e carteiras devem estar organizadas de forma a sempre ser mantido o distanciamento mínimo de 1,5m entre os alunos, inclusive considerando as movimentações dos alunos nas carteiras, que devem estar viradas para a mesma direção, ao invés de estarem posicionadas de frente uma pra outra, para reduzir a transmissão da doença causada por gotículas contendo vírus’’, diz trecho do decreto.

Sobre o horário de entrada e saída dos alunos, também há regras, e devem ser escalonadas para evitar aglomerações nas áreas de acesso. Todos os locais de contaminação, como maçanetas, devem ser identificados. Outros espaços físicos nas escolas devem ser demarcadas com fitas, a fim de evitar riscos.

Uma nova reunião está programada para definir o retorno presencial para outros níveis de ensino, como o fundamental e o médio.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest