Publicidade

ALEMS
CORONAVÍRUS - Covid-19

Coronavírus: Unimed MS pode comprometer vagas de leitos por receber pacientes de MT

Via Redação | Publicado por Administrador | às 13:18:50

Na semana passada três pacientes positivados com Covid-19 pela UNIMED-MT, foram encaminhados para serem internados na UNIMED MS de Campo Grande, pois Cuiabá já possui uma fila de espera de 40 pessoas por leitos para tratamento.

Um dos pacientes, não resistiu e veio a óbito durante a viagem, os outros dois estão internatos em leitos da UTI na capital..

Conforme os dados da SES (Secretaria de Saude de MS), 7.676 casos confirmados, 3.206 estão em isolamento domiciliar, 4.227 estão sem sintomas e já estão recuperados e 171 estão internados, sendo 109 em hospitais públicos e 62 em hospitais privados. Três pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

Em Mato Grosso do Sul 1.926 exames aguardam resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e 1.731 casos foram notificados e não foram encerrados pelos municípios.

A redação do site Conteúdo MS entrou em contato com a assessoria da UNIMED MS e também com a assessoria da Dra Ana Cristina no Ministério Público, para saber se a UNIMED CG, vai garantir vagas para todos seus pacientes que positivarem ? E se acolhendo pacientes de outros estados, devido ao grande acréscimo de casos positivados e número de óbitos, não seria prejudicial à demanda necessária para população de MS.

Entramos em contato com o secretário municipal de saúde Dr. José Mauro, que nos informou que já encaminhou a Unimed MS um pedido informações sobre o assunto, pois não sabe as circustâncias dessa transferência e também tem a preocupação de falta de leitos na capital, caso continue aumentando o número de casos.

Lembrando que Cuiabá está com uma fila de 40 pacientes em espera de leitos e existe a parceria da cooperativa com o SUS ou seja mesmo sendo um hospital particular, existe uma parceria que utiliza verba pública e isso não pode comprometer a necessidade da população.

Entramos em contato com a assessoria da UNIMED MS que nos informou que tem como protocolo não repassar informações dessa natureza, como forma de preservar a integridade de seus pacientes e familiares.

Reforçaram que assim como toda a equipe hospitalar, foi totalmente preparado e estruturado desde o início da pandemia da Covid-19 para atender casos de pacientes com suspeita e os confirmados com a doença.

Até o fechamentos desta matéria não obtivemos respostas do MPMS.

(Matéria editada)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest