NOTÍCIA BOA, LEIA

Com supersafra de soja, Brasil deve exportar 93 mil de ton em 2023

Via | Publicado por Administrador | às 17:21:40

Diante da perspectiva de colher a maior safra de soja da história, estimada em mais de 153 milhões de toneladas, a expectativa é de que os embarques brasileiros do grão também atinjam números superlativos, assim como o esmagamento.

As exportações de soja do Brasil deverão totalizar 93 milhões de toneladas em 2023, acima dos 78,9 milhões indicados para 2022. A previsão faz parte do quadro de oferta e demanda brasileiro, divulgado por Safras & Mercado, e indica um aumento de 18% entre uma temporada e outra.

Abertura Nacional da Colheita da Soja já tem data, lugar e temas definidos

A consultoria indica esmagamento de 52 milhões de toneladas em 2023 e de 50 milhões de toneladas em 2022, com uma elevação de 4% entre uma temporada e outra. Em novembro, a estimativa era de 50 milhões de toneladas. Safras indica importações de 100 mil toneladas para 2023, com queda de 76% sobre 2022.

Demanda total de soja

Em relação à temporada 2023, a oferta total de soja deverá aumentar 16%, passando para 157,198 milhões de toneladas. A demanda total está projetada pela consultoria em 148,5 milhões de toneladas, crescendo 12% sobre o ano anterior. Desta forma, os estoques finais deverão subir 133%, passando de 3,72 milhões para 8,698 milhões de toneladas.

Brasil aumenta exportação ‘atípica’ de soja para a Argentina

Safras & Mercado trabalha com uma produção de farelo de soja de 40,05 milhões de toneladas em 2023, subindo 4%. As exportações deverão cair 3% para 19,8 milhões de toneladas, enquanto o consumo interno está projetado em 19 milhões, aumentando 6%. Os estoques deverão subir 56% para 3,48 milhões de toneladas.

A produção de óleo de soja deverá aumentar 4% para 10,6 milhões de toneladas. O Brasil deverá exportar 1,8 milhão de toneladas, com queda de 31%. O consumo interno deve subir 16% para 8,9 milhões de toneladas. Já o uso para biodiesel deve aumentar 19% para 5 milhões de toneladas. A previsão é de estoques recuando 16% para 408 mil toneladas.

POR AGÊNCIA SAFRAS

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest