Publicidade

PMCG
Eleições

Com capítulo escrito por Moro, Soraya entrega plano de Governo ao TSE

Via Redação | Publicado por Administrador | às 18:23:02

A senadora sul-mato-grossense Soraya Thronicke (União Brasil) entregou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) plano de Governo à Presidência da República com texto assinado junto ao ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (União Brasil). Ambos, que ganharam holofotes sendo grande aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL), seguem a mesma linha antes defendida: combater a corrupção.

O documento contém 73 páginas e tem como autor do capítulo intitulado ‘Combate à Corrupção’ o ex-juiz da Operação Lava Jato. Dentre as propostas estão a de fixar mandato de dois anos para quem estiver na direção da Polícia Federal, além da criação de um tribunal voltado somente para cuidar de casos diretamente ligados a corrupção.

No tópico que trata da PF, Moro deixou evidente tema que desencadeou crise em sua relação com Bolsonaro quando ainda era ministro da Justiça. O ex-juiz pediu demissão acusando o presidente da República de tentar interferir na atuação da Polícia Federal que investigava filhos de Bolsonaro.

Por isso, na parte que assina o plano de Governo de Soraya, ele estipula que o diretor da PF só poderá ser de exonerado por má conduta ou “insuficiência manifesta de desempenho”, sendo que a atuação deverá ser avaliado por uma comissão formada por um integrante da PF, um do Judiciário, um do Ministério Público e um do governo.

Outra proposta é a criação da Corte Nacional Anticorrupção composta por 30 juízes e 11 desembargadores. Caberia a eles cuidar de processos de primeira e segunda instância em casos de “crimes de grande corrupção praticados contra a administração pública direta ou indireta, federal, estadual, distrital ou municipal”. (CAMPO GRANDE NEWS)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest