TRÁFICO DE DROGAS

Chefe do Comando Vermelho estava presente no assalto à joalheria no RJ

Via Redação | Publicado por Administrador | às 17:07:01

Identificado como presidente do Comando Vermelho do Pará, Rodolfo Nascimento Silva, o Mão, foi identificado como um dos integrantes do assalto à joalheria no Village Mall, que deixou o segurança Jorge Luíz Antunes, 49, morto. Sua digital foi identificada na cena do crime, em menos de 24 horas. A prisão temporária já foi deferida pela Justiça.

De acordo com investigação da Polícia Civil, Mão já havia participado de um outro assalto, em 2019, a uma filial da mesma joalheria, na Zona Sul do Rio. Ele estava escondido na Vila Cruzeiro, na Penha, mas fugiu para a Rocinha, dias antes de uma operação que deixou 23 mortos, em maio deste ano.

O Comando Vermelho passou a se fortalecer no Pará há cerca de cinco anos, após o traficante Alberto Bararuá de Alcântara, o Beto Bararuá, ficar preso em uma unidade federal de 2010 até 2012.

No presídio, teve contato com criminosos de diferentes partes do Brasil, inclusive com chefes do Comando Vermelho, oriundos do Rio. E, após formarem uma aliança, para andar com mais facilidade pelas ruas, chefes da quadrilha do Pará preferiram migrar para o Rio.

Dados de inteligência apontam que pelo menos 60 criminosos do Pará estejam escondidos no Rio, principalmente na Rocinha.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest