Eleições

Candidato ao Senado, Juiz Odilon de Oliveira quer reduzir a idade de trabalho para 14 anos

Via Redação | Publicado por Administrador | às 08:57:21

O candidato ao Senado pelo PSD, Juiz Odilon, diz que pretende diminuir para 14 anos a idade mínima para jovens entrarem no mercado de trabalho. Odilon participou do Midiamax entrevista. Durante uma semana, o jornal está batendo um bate-papo com todos os candidatos que disputam uma vaga ao Senado Federal nas eleições de 2022.

Durante a entrevista, o juiz comentou sobre seus projetos se acaso eleito neste próximo dia 02 de outubro. Entre as promessas, o candidato disse que pretende diminuir para 14 anos a idade mínima para um jovem entrar no mercado de trabalho.

“Defendo a redução mínima de trabalho de 16 para 14 anos. O menor pode fazer bico no máximo e isso prejudica a educação. A evasão escolar é um exemplo. Temos 7 milhões de jovens que não podem trabalhar. Quero que seja reduzida e que tenham todos os diretos de uma pessoa adulta”, explicou.

Pernambucano, Odilon de Oliveira tem 73 anos. O candidato concluiu o ensino fundamental com 16 anos e formou-se em Direito na década de 70. Foi procurador autárquico federal de, promotor de justiça, juiz de direito e juiz federal. Aposentado do judiciário federal, foi candidato ao governo de Mato Grosso do Sul em 2018, sendo derrotado no segundo turno pelo atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Odilon também contou o que vai ser prioridade durante o mandato se acaso eleito em Mato Grosso do Sul. Dizendo que tem um projeto amplo, o candidato destaca que pretende investir em inclusão social, educação e segurança pública. Odilon adianta que o principal obstáculo será a fome.

“O estado é o segundo maior na riqueza do agronegócio, mas a riqueza só enche o bolso dos ricos. Hoje, 270 mil pessoas passam fome em Mato Grosso do Sul. O próprio ministério da cidadania diz que mais de 1 milhão de pessoas recebem um salário mínimo no MS”, disse o candidato que apresentou dados da fome durante a entrevista.

(Midiamax)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest