Publicidade

Trabalho
Violência contra Mulher

Campo-grandense grávida de 8 meses morre degolada pelo marido em Aracaju

Via Redação | Publicado por Administrador | às 11:06:44

Campo-grandense de 22 anos foi assassinada pelo marido em Aracaju, capital do estado de Sergipe, nesta quinta-feira (19). Jackeline da Costa Melo, a Jack como era conhecida, estava grávida de 8 meses de Edielson Santos Vidal, de 31 anos. Nem a primeira filha impediu o rapaz de degolar a companheira. Mãe e bebê morreram antes de receberem socorro.

Segundo portal F5 News, o casal morava há 10 dias na casa em que o crime aconteceu, na Travessa Santa Cecília, no Robalo, Zona de Expansão de Aracaju. Sequer tinham contato com os vizinhos, mas foram eles que alertaram a polícia após ouvirem os gritos da jovem durante a madrugada.

Quando a polícia chegou ao local, encontrou Jackeline sem vida. Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas não tiveram como salvar mãe e bebê, uma menina.

Depois de degolar a mulher, Edielson saiu de casa, mas voltou horas depois e acabou preso em flagrante. Aos policiais, ele confessou o crime e afirmou ter matado a mulher grávida porque foi traído por ela. Além do assassinato, a polícia investiga se o autor mantinha a jovem em cárcere privado, isso porque vizinhos relataram nunca ter visto ela sair de casa, apenas Edielson.

Conforme apurado pela reportagem, Jack é de Campo Grande e foi na Capital sul-mato-grossense que conheceu o marido, há cerca de quatro anos. Em 2019 Edielson mantinha uma empresa de serviço de táxi no Bairro Nova Lima e a jovem estudava direito.

Nas redes sociais, familiares de Jackeline chegaram a relatar que amigos e parentes tinham medo de Edielson e que “algo parecia estar errado”. “Vemos as notícias todos os dias de feminicídio e nunca imaginamos q pode acontecer dentro da sua família. Esse monstro tem que pagar pelo o que fez”, desabafou uma das tias da vítima.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest