Publicidade

PMCG
AGRONEGÓCIO

Boi: Pecuaristas e frigoríficos seguem retraídos no aguardo do desempenho da demanda doméstica

Via Redação | Publicado por Administrador | às 17:53:44

As indústrias frigoríficas e os pecuaristas seguem poucos ativos no mercado aguardando o movimento da demanda doméstica nos próximos dias. No mercado interno, foram observadas poucas variações nos preços da arroba, que segue firme, em função vendas de carne durante o final de semana e as exportações aquecidas.

Segundo a Informa Economics FNP, as praças com maior representatividade dos embarques ao exterior, há registros de frigoríficos que pagam prêmios até R$10/@ que os valores vigentes no mercado desde que os animais cumpram requisitos da demanda internacional, o chamado “boi china”. Na região de Goiânia/GO, os preços para o boi com padrão exportação estão próximos de 180,00/@ e o boi comum está ao redor de R$ 170,00/@.

“Temos ofertas para o boi com padrão exportação de R$ 180,00/@ e o boi comum está cotado a R$ 170,00/@, mas o que tem me surpreendido é os valores pago pela a novilha. Está ocorrendo negócios até R$ 5,00 acima dos valores do boi comum e a fêmea se igualou aos preços do boi”, ressaltou o pecuarista, Renato Esperidião.

No aplicativo da AgroBrazil, os participantes informaram negócios na região de Carneirinho/MG para o boi China de R$ 194,00/@, à prazo com trinta dias para pagar. Já em Sandovalina/SP, o valor negociado na arroba do boi com premiação cota Hilton está ao redor de R$ 203,00/@, à prazo com sete dias para pagar.

De acordo com a Radar Investimentos, o diferencial de base entre São Paulo e as principais praças pecuárias esticou de maneira relevante nos últimos dias. Ou seja, a arroba caiu em praticamente todas as regiões, menos em São Paulo.

Mercado futuro

Na Bolsa Brasileira (B3), os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão desta segunda-feira (11) positivo da tabela. Os principais vencimentos registraram um ganho de 1,41% a 0,23%, sendo que o contrato maio/20 finalizou cotado a R$ 197,40/@, enquanto, o junho/20 terminou precificado a R$ 192,50/@.

Já o contrato julho/20 encerrou o dia cotado a R$ 193,00/@ e o vencimento outubro/20 finalizou a sessão em torno de R$ 194,75/@.

Fonte: Notícias Agrícolas

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest