Publicidade

shoppin
SEGURA ESSA

Bielorrusso Nobel da Paz 2022 vai para prisão considerada violenta

Via | Publicado por Administrador | às 11:05:55

Ales Bialiatski, ativista bielorrusso que recebeu o Prêmio Nobel da Paz de 2022, conhecido por seu trabalho com o Centro de Direitos Humanos Viasna, vai ser transferido para uma das prisões mais violentas do país.

O ativista cumpre pena de dez anos de prisão por suspeita de financiamentos ilegais ao grupo pró-democracia a que pertence. Ele foi preso em 2021 após protestos maciços nas ruas da Bielorrússia.

Os apoiadores do Nobel da Paz afirmam que o regime autoritário do presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, busca silenciar os opositores.

Bialiatski não é visto há mais um mês e a mulher do ativista está cada vez mais preocupada.

A organização não governamental Visasna informou que dois dos apoiadores de Bialiatski - Valentin Stefanovitch e Vladimir Labkovitch -, detidos em julho de 2021 e julgados na mesma época, foram condenados a sete e nove anos de prisão, respectivamente.

Um quarto interrogado, Dmitri Soloviev, julgado à revelia após ter fugido para a Polônia, foi condenado a oito anos de prisão.

Todos os condenados foram ainda multados em 185 mil rublos bielorrussos (69 mil euros).

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest