Fronteira

Advogada de MS é presa em operação da Polícia Federal contra resgate de líderes do PCC

Via Redação | Publicado por Administrador | às 10:07:14

Uma advogada, que não teve o nome revelado, foi presa na manhã desta quarta-feira (10) durante a deflagração da Operação Anjos da Guarda que cumpriu mandados em Mato Grosso do Sul. Foram três mandados cumpridos em Campo Grande e em Três Lagoas. Segundo as investigações da PF, a facção PCC (Primeiro Comando da Capital) planejava até sequestrar autoridades para negociar soltura de lideranças.

A advogada foi presa em Três Lagoas e outro mandado de busca e apreensão foi cumprido na cidade. Em Campo Grande, um mandado de busca e apreensão foi cumprido contra membro da facção criminosa.

Cerca de 80 policiais federais cumpriram 11 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão, em Mato Grosso do Sul, Rondônia e no Distrito Federal.

Plano de resgate

Foi descoberto plano de resgate de líderes do PCC, encarcerados nas penitenciárias federais de Brasília e Porto Velho. Conforme a investigação, a facção planejava até sequestrar autoridades dos estados para negociar a soltura de algumas lideranças do crime.

Entre os presos beneficiados com o plano de resgate está Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, que foi transferido de Brasília para a capital de Rondônia em março deste ano. O plano contava com uma rede de comunicação estabelecida entre advogados para transmitir tanto as cobranças dos custodiados quanto os retornos das mensagens dos criminosos envolvidos no resgate.

Os investigados aproveitavam os atendimentos e as visitas em parlatório, usando códigos para a comunicação. Ainda segundo a investigação, quatro advogados ligados ao PCC acabaram presos. Além do provável resgate dos presos, a organização criminosa pretendia sequestrar autoridades para conseguir a soltura de criminosos, dentre outras ações.

Mulher de Marcola alvo da operação

A mulher de Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, está entre os alvos da operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (10), pela Polícia Federal, contra o resgate de líderes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão na casa de Cynthia Giglioli da Silva, no Alphaville, em São Paulo. (Midiamax)

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest