Publicidade

Anuncie

Terceira fase de operação apura contrato com empresa de refrigeração

A empresa de refrigeração foi contratada pela Prefeitura de Dourados com dispensa ilegal de licitação em troca de pagamento de propina a servidores

Via redação | Publicado por Redação | às 10:20:03

A terceira fase da Operação Pregão, desencadeada pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul nesta quinta-feira (14) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, investiga irregularidades no contrato da prefeitura com uma empresa de refrigeração.

Os donos da empresa, identificados até agora apenas como Ademir e Madalena, foram presos. Também foi preso o diretor financeiro da prefeitura Jorge Rodrigues de Castro. O MP também cumpriu novos mandados de prisão contra o ex-secretário de Fazenda João Fava Neto e contra o ex-diretor de licitação da prefeitura Anilton Garcia de Souza.

A empresa de refrigeração foi contratada com dispensa de licitação para fornecer serviço de consultoria para a prefeitura, nos mesmos moldes das empresas investigadas na primeira fase, em outubro do ano passado. Aquelas empresas tinham sido contratadas para fornecer mão de obra para limpeza em órgãos públicos e para preparar a merenda dos alunos de escolas municipais.

Anilton Garcia de Souza teve contra ele um segundo mandado de prisão no dia em que deveria deixar a PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Na terça-feira (12), ele obteve um habeas corpus do STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas o alvará de soltura não foi expedido ontem e a defesa esperava soltura para esta quinta-feira.

Além dos cinco mandados de prisão, a terceira fase da Operação Pregão cumpriu hoje oito mandados de busca e apreensão, todos expedidos pelo juiz Luiz Alberto de Moura Filho, da 1ª Vara Criminal de Dourados.

Um dos mandados foi cumprido na sala de Jorge Castro, na sede da prefeitura na Rua Coronel Ponciano, mesmo prédio onde funciona o gabinete da prefeita Délia Razuk (PR).

Com informações Campo Grande News

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho