Publicidade

Anuncie

Repórter é agredido por torcedores em eleição do Corinthians.

Retorno de Andrés Sanchez ao Timão causou revolta em alguns corintianos

Via O DIA | Publicado por Redação | às 07:08:42

A vitória de Andrés Sanchez que voltou a ser presidente do Corinthians causou uma enorme confusão e pancadaria no Parque São Jorge. E sobrou até mesmo para a imprensa. O repórter da ESPN Brasil, Flávio Ortega, foi agredido por torcedores corintianos enquanto tentava fazer a cobertura da eleição no clube paulista.

“Eles tentavam derrubar o nosso equipamento. Eles morderam o braço do nosso câmera, o Marcelo, pra que derrubasse a câmera. No momento em que derrubou a câmera, ele ainda levou outro soco na nuca. Eu tentei socorrê-lo e fiquei um pouco mais vulnerável”, disse o jornalista em participação no “Bate Bola”, da ESPN Brasil.

O vídeo mostra os agressores tentando impedir o trabalho da equipe de filmagem da emissora. Não é possível identificação pelo áudio qual a reclamação feita com o repórter.

“Eles não queriam que a gente filmasse. Não queriam que houvesse a identificação desses vândalos, não queriam que a gente mostrasse o rosto deles. Muitos torcedores estão até se desculpando, dizendo que se sentem envergonhados pela atitude desses vândalos. Quero deixar bem claro que sei bem separá-los, está tudo certo”, disse Ortega.

Um grupo de torcedores se revoltou após a vitória de Andrés Sanchez e iniciou uma confusão enquanto o candidato eleito se preparava para dar entrevista. O protesto ocorreu minutos depois de torcedores entrarem no clube e forçarem a porta do ginásio.

Durante a confusão, o dirigente teve que ficar no banheiro feminino do ginásio até que os ânimos se acalmassem. Às 17h45, novamente sob protestos, o novo presidente conseguiu enfim, escoltado pela polícia, sair do local da votação em direção ao estacionamento.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho