Publicidade

Anuncie
Brasília

Procurador pede exoneração a Rachel Dodge após conversa vazada

Eduardo Pelella pediu para deixar grupo do Ministério Público voltado para atuação eleitoral

Via CORREIO BRAZILIENSE | Publicado por Alcina Reis | às 04:20:40

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que o procurador da República Sidney Pessoa Madruga deixou o cargo de coordenador do Grupo Executivo Nacional da Função Eleitoral (Genafe). Ele foi indicado ao cargo pela procuradora Raquel Dodge após assumir o cargo de chefe do Ministério Público. Em uma conversa, divulgada pelo jornal “Folha de S. Paulo”, Sidney afirma que a tendência da PGR seria abrir investigação contra o procurador Eduardo Pelella.

O procurador Sidney Pessoa anunciou seu desligamento da equipe na tarde desta sexta-feira (22). No pedido para sair o Genafe, ele afirma que a medida ocorre para evitar “ilações improprias e indevidas”. O procurador Pelella, citado por ele na conversa com uma mulher em um restaurante da Asa Sul, era chefe da equipe do procurador-geral da República Rodrigo Janot, enquanto ele estava no cargo, até semana passada.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho