Publicidade

campanha
Justiça

Justiça federal da baixa definitiva à processo de obstrução de ex Senador

Conforme decisão Delcídio do Amaral foi vítima de flagrante preparado

Via Redação | Publicado por Redação | às 10:38:31

No dia de ontem, 22 de agosto de 2019, sem a pirotecnia doutrora, transitou em julgado, terminou em definitivo, o processo que tramitava na Justiça Federal, contra o ex-Senador Delcídio do Amaral, que era acusado tentar comprar o silêncio de um ex-diretor da Petrobras, entre outros.

Delcídio foi absolvido de todas as acusações, nas duas instâncias judiciais, ficando caracterizado pela Justiça Federal que ele foi vítima de flagrante preparado, executado pelo filho do ex-diretor da Petrobras.

Com o trânsito em julgado da absolvição de Delcídio, chega ao fim o processo que levou o ex-Senador Sul-mato-grossense, sempre atuante em prol dos interesses de seu Estado, por 10 anos entres os melhores e mais influentes parlamentares do País, a ser preso em 2015 e perder o mandato em 2016.

Acórdão Transitado em Julgado

PENAL. PROCESSO PENAL. OBSTRUÇÃO DA JUSTIÇA (ART. 2º, § 1º, DA LEI 12.850/2013) E PATROCÍNIO INFIEL (ART. 355 DO CP). FATOS CONEXOS. OBSTRUÇÃO. CRIME IMPOSSÍVEL. FLAGRANTE PREPARADO. SÚMULA 145 DO STF. ATIPICIDADE DAS CONDUTAS. SENTENÇA ABSOLUTÓRIA MANTIDA.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho