Publicidade

Campanha
Nacional

Weintraub, ministro da Educação, pede “ferro no cretino do Macron”

Ele usou o Twitter para atacar presidente da França, alvo prioritário de aliados de Jair Bolsonaro após críticas às queimadas na Amazônia

Via Redação | Publicado por Redação | às 17:56:54

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi ao Twitter na manhã deste domingo (25/08/2019) para atacar em série de tuítes o presidente da França, Emmanuel Macron. Na thread (um encadeamento de postagens sequenciais), Weintraub chama o líder europeu de “sem caráter” e “cretino”, e recomenda “ferro” no presidente francês, “não nos franceses”.

Os franceses elegeram esse Macrón, porém, nós já elegemos Le Ladrón, que hoje está enjauladón…Ferro no cretino do Macrón, não nos franceses…

Macron passou a ser encarado por vários aliados do presidente Jair Bolsonaro como uma espécie de inimigo figadal após ter pedido que a situação das queimadas na Amazônia fosse discutida durante a cúpula do G7 (grupo das sete economias mais relevantes do mundo), realizada na França neste fim de semana.

O ódio de bolsonaristas, que fizeram até manifestação em frente à embaixada do país em Brasília, só aumentou quando o presidente francês afirmou que Bolsonaro “mentiu” durante reunião do G20, no Japão, ao assumir série de compromissos ambientais. Por isso, Macron afirmou que se oporia à ratificação do acordo de livre-comércio entre o Mercosul e a União Europeia.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

Anuncie