Publicidade

Anuncie

Família identifica mulher de 31 anos encontrada morta no Córrego Botas

A vítima saiu para beber num bairro da região do Nova Lima, bairro onde morava, e foi vista pela última vez por volta de 1h de domingo

Via redação | Publicado por Redação | às 11:30:10

Foi identificada por impressões digitais e reconhecida pelo pai ontem à tarde no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), a mulher encontrada morta no fim da tarde de domingo (3) no córrego Botas, nos fundos do Bairro Nova Lima, localizado na saída para Cuiabá, região norte de Campo Grande. A vítima tinha 31 anos, era casada e deixou 4 filhos. A Polícia Civil não quis divulgar o nome para não atrapalhar as investigações.

O delegado Sérgio Luiz Duarte, ainda aguarda o laudo que vai definir a causa da morte e se houve estupro. A vítima foi localizada seminua com a calcinha na altura das pernas, com os punhos e tornozelos amarrados. No corpo dela, não havia marcas de violência.

Ainda conforme Sérgio, a vítima saiu para beber num bar da região e foi vista pela última vez por volta de 1h de domingo. A mulher era casada, morava no Bairro Nova Lima e deixou quatro filhos de 3, 7, 12 e 13 anos. A família relatou à polícia que não registrou boletim de ocorrência por desaparecimento, porque a vítima era acostumada a sair com amigos para consumir bebida alcoólica.

Duas testemunhas, que não tiveram os nomes divulgados, prestaram depoimento nesta manhã na delegacia. Nenhuma linha de investigação está descartada, segundo a polícia. Mais testemunhas serão ouvidas sobre o caso ainda nesta quarta-feira. Policiais estão nas ruas fazendo diligências.

Caso - O corpo foi encontrado por testemunhas que viram algo boiando e acharam a princípio que fosse um travesseiro, mas ao se aproximarem perceberam que se tratava de um corpo. A polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados para atender a ocorrência e retirar o corpo do rio.

Com informações Campo Grande News

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

vermelho