Publicidade

cms7
Capital

Detran rescinde contrato com empresa responsável por 144 radares

Os 12 equipamentos instalados pela empresa na região do Parque dos Poderes já estavam desligados desde o dia 15 de agosto

Via Redação | Publicado por Redação | às 16:25:55

O contrato firmado entre o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul e a Perkons S/A foi cancelado este mês de forma “amigável”. Com isto, não haverá nenhuma cobrança ou punição para o órgão pela quebra do acordo três meses antes do término oficial do serviço. Os 12 radares instalados pela empresa na região do Parque dos Poderes estão desligados desde o dia 15 do mês passado.

No mês passado, a empresa paranaense informou que desligaria 144 equipamentos redutores de velocidade instalados em Mato Grosso do Sul em uma tentativa de forçar o Governo do Estado a quitar os débitos no valor de R$ 10,4 milhões.

Em Campo Grande, foram desligados 12 radares. O mesmo ocorreu em outras sete cidades do Estado. O Detran apresentou um plano de quitação, mas não detalhou a proposta.

Durante uma coletiva de imprensa realizada no dia 21 de agosto, o diretor-presidente do órgão, Luiz Carlos da Rocha Lima, comentou que as despesas com a Perkons estavam muito altas para o atual cenário “de contenção de gastos”.

O contrato com a empresa, com valor mensal de R$ 1,8 milhão, foi aditivado em dezembro de 2018 e seria encerrado em dezembro deste ano. Segundo informações da assessoria de imprensa do Detran, o órgão agora está “avaliando as diversas soluções e elaborado um termo de referência para a nova contratação”.

Rocha Lima já havia adiantado a intenção dos técnicos do Detran em encontrar alternativas mais em conta, mantendo as funções que até então eram realizadas pela Perkons, como monitorar velocidade e veículos furando sinal vermelho.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

Anuncie