Publicidade

Anuncie
Estado de MS

Delegado assume superintendência da PF com foco no crime organizado

Cleo Mazzotti tomou posse nesta sexta-feira

Via redação | Publicado por Redação | às 16:26:33

O novo superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, delegado especial Cleo Mazzotti, tomou posse nesta sexta-feira, em solenidade realizada no auditório da Advocacia Geral da União, em Campo Grande. Ele assume o cargo com o propósito não apenas de combater as ações das organizações criminosas, mas também o de atacar as suas estruturas financeiras.

Para o superintendente, se as finanças desses grupos não forem atingidos eles continuarão atuando, já que permanecerão tendo meios para se reorganizar e financiar o tráfico de drogas, armas e mesmo o contrabando. “A prioridade é combater o desvio de dinheiro público e as organizações criminosas no seu vértice econômico”, enfatizou.

Em seu discurso de posse, Mazzotti reiterou que a Polícia Federal em Mato Grosso do Sul é a primeira colocada no País em relação às atividades operacionais e exames periciais. Ele citou que além do combate à corrupção e lavagem de dinheiro também deve ser dada atenção a outros tipos de delitos, como os crimes ambientais, previdenciários e pedofilia, sem predfer de vista atividades como emissão de passaportes,
armas, segurança privada e atendimento a estrangeiros.

O novo superintendente recebeu o cargo do delegado Luciano Flores, que deixou a regional para assumir a superintendência no Paraná. Mazzotti está no Estado há três anos e meio.

A solenidade de posse desta sexta-feira foi dirigida pelo diretor executivo da Polícia Federal, Disney Rosseti, representando o diretor-geral, Maurício Leite Valeixo, que não pode sair de Brasília. O
diretor de Gestão de Pessoal, Delano Cerqueira Bunn, acompanhou a solenidade.

Também participaram do evento de posse, o general de brigada Carlos Henrique Teche, do Comando Militar do Oeste; secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de MS, Mansour Elias Karmouche; procurador-chefe do Ministério Público Federal no Estado, Emerson Kalif Siqueira; e o senador Nelson Trad Filho (PSD), além de representantes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal.

Compartilhe esta matéria:

Google+
Tumblr
Pinterest

Publicidade

Anuncie