{description}

Temer volta atrás e  Marun não será mais ministro

A posse aconteceria na tarde desta quarta-feira

Após decidir que o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) seria o nome para assumir Secretaria Geral do Governo, o Palácio do Planalto decidiu suspender a cerimônia de posse, à qual seria realizada na tarde desta quarta-feira (22).

Com a decisão, Antônio Imbassahy (PDSB) se mantém a frente do cargo enquanto seu partido se articula para decidir qual será o destino do parlamentar dentro da política.

O Palácio do Planalto chegou de anunciar pelo Twitter a posse do deputado Carlos Marun na Secretaria de Governo no lugar do ministro Antonio Imbassahy, mas instantes depois, a publicação foi apagada.

O post ao qual foi apagado, tinha a seguinte descrição: “Em instantes, acompanhe a cerimônia de posse dos ministros da Cidades, Alexandre Baldy, e da Secretaria de Governo, Carlos Marun”.

Marun aceitou oficialmente o cargo na manhã desta quarta-feira (22), após conversa com o presidente Michel Temer, mas por outro lado, ele também estava ciente da resistência que enfrentaria por parte do PSDB para manter Imbassahy no cargo. Em reunião com o presidente da República, o senador Aécio Neves chegou de discutir o assunto, da permanência do tucano na função que seria destinada a Marun.

 

Elizeu Ribeiro