{description}

Secretário alega falta de autonomia e deixa prefeitura de Maracaju

A ausência de autonomia para a realização dos trabalhos foi o principal motivo de sua saída. 

O ex-vereador Thiago Caminha (PSDB) deixou a Secretaria de Obras de Maracaju nesta sexta-feira (9/11). Ele entregou carta ao prefeito Maurílio Azambuja alegando o fato.

De acordo com o site Tudo do MS, Caminha ocupava a pasta desde janeiro de 2017, quando se iniciou novo mandato de Maurílio. 

O desabafo sobre sua saída foi publicado em redes sociais. 

“Com o coração tranquilo e muita determinação, gostaria de poder dizer nesta minha despedida, Missão Cumprida, porém muitas coisas ficam em aberto no compromisso que sempre tive com a população de Maracaju, a minha cidade. Fica em aberto não por negligência minha ou de qualquer que seja a pessoa, me faltaram algumas ferramentas e sobre tudo a autonomia para conduzir os processos e entregar os resultados que gostaria a todos vocês”, diz trecho da postagem feita no Facebook.

O ex-secretário disse que a decisão foi baseada em alguns princípios, citando valores que devem ser seguidos por qualquer pessoa que ocupe cargo público. 

“Não lamento nada, pois sei que na vida tudo tem seu valor e somos aprendizes desta grande oportunidade que é viver”.

O prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, ainda não nomeou o substituto de Thiago Caminha.