{description}

Puccinelli Júnior é preso pela segunda vez pela Polícia Federal

Ele chegou a ser preso em maio desse ano por envolvimento com a Lama Asfáltica, quando chegou a prestar depoimento e ficar na mesma cela que o pai

Pela segunda vez, o filho do ex-governador André Puccinelli foi preso pela Polícia Federal. André Puccinelli Júnior foi encontrado na própria residência, conforme apurado pelo TopMídiaNews.

Ele chegou a ser preso em maio desse ano por envolvimento com a Lama Asfáltica, quando chegou a prestar depoimento e ficar na mesma cela que o pai.
Conforme a PF, há indícios de superfaturamento na venda de livro jurídico escrito por ele. As informações são do delegado da PF em Mato Grosso do Sul, Cléo Mazzoti.

De acordo com a PF, os investigadores encontraram indícios de superfaturamento na aquisição, pela concessionária Águas Guariroba, de R$ 300 mil em livros do filho do ex-governador. A negociação teria sido realizada por intermédio do filho do professor Jodascil Lopes, preso na Operação Máquinas de Lama.

O nome do herdeiro de Josdacil não foi revelado, mas tanto o servidor como Puccinelli Junior trabalham como professores de Direito em uma universidade de Campo Grande. A compra chamou atenção da PF, pois a Águas Guariroba é suspeita de pagar R$ 5 milhões em propinas para agentes políticos em troca de incentivos fiscais.

A PF não revelou o título do livro, mas a obra Curso de Direito Constitucional, escrita pelo advogado, está disponível por até R$ 122,61 na loja virtual da Amazon. Com 854 páginas, o livro foi impresso pela Editora Saraiva e já possui cinco edições.

(TOP MIDIA)