{description}

Prefeitura quer R$ 11,9 milhões em 6 terrenos e parcela pagamento em 1 ano

Concorrências públicas serão realizadas entre este mês e fevereiro; concorrência será na modalidade menor preço e prevê parcelamento em até 12 vezes mensais

A Prefeitura de Campo Grande anunciou nesta quinta-feira (10) nova licitação para alienação de imóveis que pertencem ao município. Foram colocados à venda seis terrenos que, caso sejam negociados pelos valores mínimos propostos, renderão R$ 11,9 milhões aos cofres públicos, valor que poderá ser superado, já que os certames ocorrerão na modalidade maior oferta –quem propor o maior valor, fica com os imóveis.

A fim de evitar problemas como os ocorridos em novembro do ano passado, quando dois lotes colocados em negociação no valor total de R$ 1,6 milhão não atraíram compradores, a prefeitura aceitou dividir o valor dos pagamentos em até 12 vezes –em parcelas iguais, mensais e sucessivas. Os interessados deverão, contudo, realizar depósito de caução equivalente a 5% do valor de avaliação das propriedades.

Um dos imóveis que voltará ao mercado estava entre as tentativas de negociação no fim de 2018. Conforme adendo ao edital aberto no ano passado, o lote da rua San Marino Park, no loteamento de mesmo nome no bairro Cidade Jardim, com 1.135,14 m², foi avaliado em R$ 1,149 milhão, conforme previsto na concorrência 39/2018.

A concorrência foi marcada para esta sexta-feira (11), às 14h, na sala de reuniões da Dicom (Diretoria de Compras e Licitações) –localizada na Central de Atendimento ao Cidadão, na rua Cândido Mariano, 2.655, local onde vão acontecer todas as concorrências.

O outro lote ofertado no fim do ano passado, avaliado em R$ 537,6 mil, envolvia quatro terrenos no bairro Chácara Cachoeira, que ainda não foram colocados em pregão neste ano.

Vilas Boas – Na concorrência 46/2018, marcada para as 14h de 21 de janeiro na sala de reuniões da Dicom, foi colocado para alienação um imóvel no Indiana Park, localizado no bairro Vilas Boas. A área, de 1.765,69 m², estava reservada para instalação de equipamentos urbanos e comunitários.

 

Com informações Campo Grande News